Navegação
Total de Visitas desde 2011:  2823609

TRIUNFAL TARDE DE GONÇALO ALVES COM SAÍDA A OMBROS

Os Passanha para hoje na Nazaré

MIGUEL MOURA E MOURA CAETANO OS MAIS DESTACADOS DA NOITE. NOITE NEGRA PARA OS AMADORES DE ARRUDA DOS VINHOS

 MIGUEL MOURA E MOURA CAETANO OS MAIS DESTACADOS DA NOITE. NOITE NEGRA PARA OS AMADORES DE ARRUDA DOS VINHOS

Praça de Toiros “José Marques Simões” – Arruda dos Vinhos – 17/08/23 – Corrida de Toiros

Ganadaria: São Marcos

Cavaleiros: João Moura Caetano, Emiliano Gamero, Miguel Moura

Forcados Amadores de Arruda dos Vinhos

Directror: João Cantinho – Veterinário: Jorge Moreira da Silva – Lotação: 85%

A segunda e última corrida das festas de Arruda dos Vinhos tinha como grande aliciante a encerrona dos forcados locais, a comemorarem 15 anos de existência, e a despedida do forcado local Pedro Belbute “Sabino”, o que levou imensa gente à praça de toiros local. Mas a festa não acontece sempre que se quer e se os Mouras andaram bem por cima, os Forcados de Arruda tiveram uma noite francamente má, para esquecer ou recordar por muito tempo.

João Moura Caetano abriu praça com uma lide muito bem medida, com qualidade na brega e no desenho das sortes, recreando-se e chegando ao grande público quer nos dois bons compridos com quer recebeu o que abriu praça, reservado e com mais de 600kg, quer na ferragem curta onde o primeiro foi de elevado nível e muito bem rematado assim como o bom quinto com que fechou esta sua primeira lide. No seu segundo, complicado e tardo, procurou dar-lhe a lide adequada, movendo-o para diversos terrenos deixando um terceiro curto de muito nível numa lide interessante.

Emiliano Gamero tem gancho com o público e o acessório está claramente acima do essencial do toureio neste seu conceito. Duas lides que muito público aplaudiu mas que em termos de toureio propriamente dito souberam a pouco.

Miguel Moura está num momento extraordinário da sua carreira e viu-se na lide ao bravote 2º, mal apresentado, escorrido e carnes e demasiado baixel de córnea. Boa brega, boas colocações e 4 curtos de elevada nota rematando com um de palmo fizeram dele triunfador da primeira metade da corrida. No que encerrou praça, sonsote e sem se definir, voltou a estar muito bem na série de curtos, também rematada com um de palmo, chegando ao público mais conhecedor.

Para pegar os seis toiros saltaram à arena os Forcados Amadores de Arruda, actuação que merece um comentário mais detalhado do que o habitual. Há que saber ler os toiros, ver das suas querenças, eleger os melhores terrenos… e ter um grupo coeso e determinado a ajudar os forcados da cara, o que nem sempre aconteceu e que tornou esta noite que deveria ser de festa numa noite negra pelas falhas demonstradas ao longo da noite e não corrigidas. O cabo, que tem de tomar as decisões saberá melhor do que ninguém os porquês de determinadas escolhas e de tantos erros sucessivos. Devem fazer uma profunda reflexão sobre o que se passou na noite d e5ª feira 17 de Agosto na praça da sua terra. Foram forcados de cara Rodolfo Costa à 3ª com ajudas carregadas, Edgar Simões à 4ª e a sesgo, Rodrigo Gonçalves numa rija cara à 2ª, Pedro Sabino que se despediu consumou também à 2ª, João Costa só à 5ª e a sesgo conseguiu consumar e Nuno Aniceto encerrou praça com a única pega à primeira tentativa, aguentando dois fortes derrotes até que o grupo fechasse já em tábuas.

Pedro Sabino foi homenageado pela Câmara Municipal e o Grupo pela Junta de Freguesia.

Os toiros de São Marcos estavam fortes, rematados, com carne, foram mansos e complicados à excepção do terceiro da noite que foi o único de investidas potáveis e que mereceu a chamada do representante da ganadaria à arena.

Direcção de corrida benevolente e condescendente de João Cantinho assessorado pelo veterinário Jorge Moreira da Silva.

Texto e foto: António Lúcio

19/08/2023

09:48


TRIUNFAL TARDE DE GONÇALO ALVES COM SAÍDA A OMBROS

Os Passanha para hoje na Nazaré