Navegação
Total de Visitas desde 2011:  2905059

EXPOSIÇÃO "O Toiro - A Vida Fagueira do Toiro Bravo"

Boa Tarde de Toiros no Cartaxo

"Lembrando o maestro Francisco Mendes" na 39ª edição da Ovibeja Luis Toucinho

Clique na Foto Para Aumentar

"Lembrando o maestro Francisco Mendes" na 39ª edição da Ovibeja

A  ACOS - Agricultores do Sul, promotora da Ovibeja, por proposta do eng José Maltez, ex-diretor, aceitou que se recordasse o matador de toiros bejense Francisco Mendes no decorrer da 39ª Edição, terminada no dia 1. O evento decorreu na manhã do passado dia 30 de abril.
Francisco Mendes da Silva Conceição, Chico Mendes como era conhecido em Beja, faleceu em Madrid, onde há muito estava radicado e constituiu família, no passado dia 19 de janeiro. Contava 90 anos de idade, celebrados em 24 de dezembro  de 2022. 

Assim, no Auditório da Expobeja, no interior do Parque de Feiras e Exposições Manuel Castro e Brito, um painel presidido pelo eng José Maltez, representando a ACOS, e que englobava o crítico Maurício do Vale, o ganadeiro dr Joaquim Grave, o matador de toiros Manuel Dias Gomes, António Mendes Castro, filho primogénito de Francisco Mendes e Luiz Toucinho que secretariou. Após ouvidos os elogios como figura do toureiro, alentejano de gema, amigo e chefe de família, o filho agradeceu em nome do clã.  Aproveitando a pausa entre oradores, a Presidente da Assembleia Municipal, D. Conceição Casanova, entregou aos Mendes Castro um documento com o "Voto de Pesar" aprovado na sessão da AMB de 17 de fevereiro. Também a AHBVB, através do Presidente  António Rodeia Machado e do Comandante Pedro Barahona, fez chegar à família o diploma de" Sócio Benemérito", a título póstumo, aprovado por unanimidade na Assembleia-Geral dos Bombeiros de 27 de Março. O aficionado e antigo forcado Zeca Pereira ofereceu um fato curto utilizado por Chico Mendes no início da carreira. Os netos do recordado diestro entregaram à Presidente da Sociedade Filarmónica Capricho Bejense, D. Luísa Costa, fotocópia das partituras do pasodoble "Paco Mendes", composto em 1956 pelo catalão Jaime Texidor, para ser interpretado pela  Banda de Música. No auditório, estiveram presentes além dos já mencionados, os Presidentes, do Município de Beja, Paulo Arsénio, da União de Freguesias de  São João Baptista e Santiago Maior, Miguel Ramalho e de Beringel, Vítor Besugo. Fizeram-se representar: a Associação dos Toureiros pelo matador Manuel Dias Gomes, a Tertúlia Tauromáquica Eborense por Nico Mexia de Almeida e o Clube Taurino Beringelense por Victor Besugo. 

 Também se viram os ganadeiros António Raúl e Joaquim Brito Paes, Luís Serrano da coudelaria Irmãos Serrano e os empresários e apoderados Rui Bento e José Luis Zambujeira.  Na plateia estavam os restantes quatros filhos e oito netos de Francisco Mendes e muitos aficionados.
Um ato simples de grande significado, inserido no coração do mundo rural onde a Festa iniciou e onde deverá recomeçar.

 Luís Toucinho

03/05/2023

10:23

EXPOSIÇÃO "O Toiro - A Vida Fagueira do Toiro Bravo"

Boa Tarde de Toiros no Cartaxo