Os 6 Palhas para "Cuqui" para hoje na Moita

Personagens da Festa - MOITA

UM GESTO E ALGUNS MOMENTOS DE BOM TOUREIO NA ENCERRONA DE “CUQUI”

Clique na Foto Para Aumentar

UM GESTO E ALGUNS MOMENTOS DE BOM TOUREIO NA ENCERRONA DE “CUQUI”

Praça de Toiros “Daniel do Nascimento” – Moita – 21/05/22

6 Toiros da Ganadaria   Palha

Matador: Joaquim Ribeiro “Cuqui”

Sobressaliente: Juan Carballo

Director: Fábio Costa – Veterinário: Carlos Santos – Lotação: 40% 

Anunciar-se, em solitário, em Portugal e com toiros de Palha, é todo um gesto de enaltecer e apoiar, com a presença nas bancadas da arena, o que não sucedeu em número que consideremos consentâneo com a atitude do toureiro e numa terra que diz aficionada ao toureio a pé. E não venham com a justificação da data porque os bilhetes mais baratos, os de sol, foram os que menos se venderam…

O gesto de “Cuqui” foi entendido por muitos aficionados que souberam respeitar, ao contrário de uns poucos, a liturgia da corrida, o silêncio necessário, os olés que saíram das gargantas e que todos queríamos que fossem muitos mais e mais sentidos, os aplausos que deviam ter sido grandes ovações.

Houve bons momentos de toureio de capote, sem sair do conceito clássico, sempre e quando os toiros o permitiram. Houve entrega do toureiro, lide após lide, toiro após toiro, vencendo as dificuldades e recreando-se sempre que as investidas tiveram qualidade e onde o desenho, a longitude e profundidade de alguns derechazos e naturais foram o sonhado. Mas como diz o ditado, “o Homem põe, Deus dispõe e o toiro descompõe”, ainda que a parte final se não possa utilizar no sentido de, em algum momento o toureiro não ter conseguido dar a volta às dificuldades mesmo quando esteve na arena oº da ordem, o pior dos seis de Palha. OU ainda quando se estirou e com arte e profundidade ao natural e por derechazos no quinto que foi o que melhore condições teve.

Os toiros de Palha foram o que deles se esperava, com distintas condições de lide, melhor um (5º) que os outros, todos com os seus quês e que, se houve a sorte de varas, poderiam ter tido outro comportamento, apesar de bem bandarilhados que foram por parte de Tiago Santos, João Martins, Miguel Batista, Pedro Noronha, Nuno Silva “Rubio”, Cláudio Miguel, Diogo Vicente, sendo o último bandarilhado por “Cuqui” que convidou Tiago Santos e Diogo Vicente.

Ao iniciar-se a corrida foi entregue a “Cuqui” um passodoble com o seu nome e da autoria de António Bravo e que foi interpretado pela Banda do Rosário.

Texto : António Lúcio

22/05/2022  

14:01

Os 6 Palhas para "Cuqui" para hoje na Moita

Personagens da Festa - MOITA