O peso e fotos dos toiros para hoje à noite no Campo pequeno

Personagens da FESTA - CAMPO PEQUENO

Noite de aficionados ! na Justa Homenegen as Maestro Vitor Mendes.

Clique na Foto Para Aumentar

Noite de aficionados !

 Na Justa Homenegen as Maestro Vitor Mendes.

Praça de Toiros do Campo Pequeno – 09/09/21 – Corrida de Toiros

Director: Ricardo Dias – Veterinário: Jorge Moreira da Silva

Matadores: Roman, José Garrido, Manuel Dias Gomes, Juanito

Ganadarias: Nuñez de Tarifa (1º, 3º, 6º, 8º) e Voltalegre (2º, 4º, 5º, 7º)

Falhou o público ao não responder á aposta da empresa que apostou num cartel de bom nível para a homenagem a uma das maiores, senão a maior, figuras da nossa tauromaquia, o matador Vítor Mendes que cumprirá 40 anos de alternativa no próximo dia 13. Aquilo que muitos criticam nas conversas de bastidores, nas redes sociais, a existência de poucas corridas com toureio a pé, não mereceu desses que tanto exigem a sua comparência na praça, apesar de sempre poderem aparecer nas fotografias do social... Se fosse do lado de lá da fronteira, para se pavonearem, mostrar chapéus, vestimentas novas, um charuto e uma cervejinha ou gin e a arranharem o seu espanholês...

Assim não há investimento que resista. Luís Pombeiro merece o nosso aplauso pelo arrojo e êxito artistico do espectáculo que teve ambiente porque os bons aficionados estavam lá e disseram presente, não regateando aplausos.

Roman substituiu Finito. E podemos dizer que em boa hora foi o escolhido. Duas lides em grande estilo, toureando bem á verónica em ambos os touros e com duas faenas maciças, de muita qualidade por ambos os logins, sacando o máximo partido de ambos os touros. Alguns naturais e derechazos foram largos, profundos e templados.

O mesmo se pode dizer da José Garrido. Bem com o capote, apesar de no seu segundo ter abreviado, desenhou depois duas boas faenas de muleta, mostrando os seus argumentos e conseguindo boas tandas de muletazos por ambos os pitons, alguns de largo traço e bem rematados. Mais um toureiro que chama a atenção pelas suas qualidades e capacidade lidadora.

Manuel Dias Gomes esteve em toureiro frente ao manso e sem grande qualidade terceiro da ordem. Bem á verónica, esteve esforçado com a muleta onde o touro mostrou a sua pouca classe. Mas no sétimo da ordem pudemos assistir a uma grande actuação que havia brindado a José Trincheira. A classe, o bom gosto, a pintureria de Dias Gomes, inspirado que esteve, trouxeram aromas de toureio grande que o público premiou com ovações. Uma grande faena e que venham mais.

Juanito vinha embalado do triunfo em Don Benito no dia anterior. O seu primeiro não serviu, congestionado que se mostrou após as bandarilhas. Esteve animoso tentando sacar o máximo partido do pouco que o touro podia dar. Mas no oitavo da corrida, que foi de boa nota, recebeu bem de capote e desenhou uma faena de muitos quilates por ambos os pitons, correndo bem a mão, ligando os muletazos com classe, alguns largos e profundos e a levantar o público nas bancadas. Arriscou e convenceu num final de corrida emotiva.

Nas quadrilhas, destaque para Filipe Gravita (saudou montera em mão por 2 vezes, João Ferreira (uma vez), Cláudio Miguel (2 pares de enorme exposição) e Jorge Alegrias.

Lidaram-se touros de Nunes de Tarifa e de Voltalegre, com idade, peso e trapio, que, á excepção de terceiro e quarto, cumpriram e deram bom jogo.

Dirigiu bem Ricardo Dias assessorado pelo veterinário Jorge Moreira da Silva.

Texto: António Lúcio

11/09/2021      13:51


O peso e fotos dos toiros para hoje à noite no Campo pequeno

Personagens da FESTA - CAMPO PEQUENO