Morante em Sevilha com Miuras

Orelha para o novilheiro Daniel Menés no seu reaparecimento.

57º aniversário do Centro Hipico-Lebreiro de Azambuja

57º aniversário do Centro Hipico-Lebreiro de Azambuja

Cumpre-se neste dia 18 de Janeiro de 2021 o 57º aniversário do Centro Hipico-Lebreiro de Azambuja, por todos crismado "Picadeiro de Azambuja".

Muito ocorreu neste 57 anos de existência e este ano, pelos motivos por demais conhecidos, não nos será possivel comemorar a data com o habitual almoço ou jantar dos nossos sócios e amigos, aproveitando esse momento para prestar homenagem a alguém, que de uma forma ou de outra, tenha contribuido com a sua acção para a história desta casa. 

Homenageámos fundadores, ex-presidentes Direcção, e o ano passado a Ana Rita que deu os seus primeiros passos equestres nesta casa.

Este ano tão diferente de tantos quantos já nos coube viver, não será possivel realizar tal convivio.  Não queremos, no entanto, deixar de assinalar a data, e por esta singela via, prestar homenagem a uma entidade que desde ha decadas nos vem ajudando a manter em Azambuja um Centro Hipico, desde a primeira hora apostado em promover e divulgar a paixão pelo cavalo e por quantos desportos ele é protagonista.  Oxalá os tempos que hão-de vir nos proporcionem a possibilidade de materializar esta homenagem que aqui, agora deixamos expressa.  A entidade em causa é a Câmara Municipal de Azambuja, sem a qual, provavelmente, hoje já não haveria o Centro Hipico-Lebreiro em Azambuja.

Quase desde os seus primórdios e durante vários anos o Centro Hipico organizou o Raid Hipico de Velocidade Controlada da Vila, mas tal participação não nos preenchia, estavámos convictos de poder fazer muito mais.

E assim foi, após o honroso convite que no inicio da década de 90 a Câmara Municipal de Azambuja nos endereçou, para ingressarmos a Comissão da Feira de Maio.  E a partir daí tudo aconteceu.

Desde essa época e até 2005 o "Picadeiro"teve a possibilidade de organizar no decurso de sucessivas Feiras de Maio, os mais diversos eventos equestres, nomeadamente, Provas de Atrelagem, Concurso do Traje Português de Equitação, Concurso de Éguas Afilhadas, Torneios de Horseball, Concurso de Cavalo de Sela, Prova das 6 Barras, Eliminatórias Sucessivas, Espectaculos Equestres, etc,etc.

Ao longo de toda a nossa vivência e paralelamente, sempre mantivemos em funcionamento uma escola de equitação para além de diversos serviços prestados aos sócios.  Fomos a primeira Escola de Equitação em Portugal a introduzir a Equitação como Desporto Escolar.

Tudo isto se sonhou, tudo isto se fez.  Mas nada teria sido possivel realizar não fosse o nunca negado apoio da Câmara Municipal de Azambuja.

Ao longo de muitos anos e em particular no decurso dos mandatos dos Presidentes, Srs. João Benavente, Carlos Alberto Oliveira, Dr Joaquim Ramos e Luis de Sousa sempre a Câmara nos auxiliou a nivel logistico e algumas vezes financeiro.  Apoiando-nos, também, no melhoramento das instalações, na aquisição de equipamentos  e na realização de alguns eventos, incluidos, ou não, na Feira de Maio.

Queremos, pois, deixar aqui expresso o nosso reconhecimento e agradecimento a todos os Presidentes e às suas vereações, sem excepção, que acreditaram no nosso trabalho em prol da nossa Azambuja, das nossas raizes e das nossas tradições.

Hoje, novos desfios, novas dificuldades surgem no caminho do Centro Hipico, mas a vida é feita de obstáculos.  Alguns achamos que não vamos conseguir superar.

Assim, vamos ter de manter a chama da Esperança que nos motive a lutar e a continuar.

Como alguém escreveu:" Vá firme em direcção às suas metas.  Porque o pensamento cria, o desejo atrai e a fé realiza".

Neste dia tão significativo para quantos passaram pelo "Picadeiro" reafirmamos o nosso empenho em preservar a sua história e honrar a memória de quantos nos precederam, certos de que nunca nos faltará o apoio da Câmara Municipal de Azambuja.

Azambuja, 18 de Janeiro de 2021

 A Direcção



Morante em Sevilha com Miuras

Orelha para o novilheiro Daniel Menés no seu reaparecimento.