Quando o tempo pára... nada melhor do que lembrar o tempo vivido...

MEGA CAMPANHA PUBLICITÁRIA PARA A PRÓXIMA CORRIDA DA NAZARÉ A 5 DE SETEMBRO

Nota da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos

Nota da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos

Pelos laços de amizade que me prendem à vila de Arruda dos Vinhos, solicita-me a Câmara Municipal que Vos informe do seguinte: Arruda dos Vinhos tem um importante Património Cultural, caracterizado por tradições, hábitos e costumes, que ao longo dos anos tem passado de geração em geração, num processo de transmissão natural. Dentro do Património Cultural que a identifica, a Tauromaquia constituiu uma expressão cultural de máximo relevo, pois sempre teve o melhor acolhimento no coração dos arrudenses. As Largadas de Toiros em Arruda dos Vinhos têm a particularidade de gozar de uma relação muito próxima com um dos monumentos mais emblemáticos da vila: o Chafariz Pombalino Quando há um toiro da rua, todo aquele espaço ganha outra vida, com muitas pessoas em seu redor, muito movimento, e onde as memórias do passado se fundem com as vivências do presente. Do cenário das Largadas de Toiros, integradas nos Seculares Festejos em Honra de Nossa Senhora da Salvação - que anualmente se realizam no mês de Agosto - fazem parte as denominadas Tertúlias Móveis, espaço de amizade, familiarização e fortaleza da afición local. Em Arruda dos Vinhos de um velho autocarro, nasce uma nova tertúlia. De um vulgar banco de passageiros, nasce um singular lugar de convívio, entre os que são da terra e os que a visitam. Mas também constitui uma herança deixada pelos tertúlianos mais antigos, de hábitos e costumes, de valores, de memórias, etc… bem como uma “montra” de promoção dos vinhos e da gastronomia local. Por tudo o que atrás se menciona, a importância das Largadas de Toiros e das Tertúlias Móveis de Arruda dos Vinhos (actualmente são onze) foi reconhecida pela Câmara Municipal como Património Cultural do Concelho. Nesse sentido, a Câmara Municipal reuniu com os representantes das Tertúlias Móveis, no passado mês de Abril, com o objectivo de iniciar o processo de candidatura das Largadas de Toiros e das Tertúlias Móveis a Património Cultural Português. O dossier de candidatura vai ser organizado nos próximos meses e para Agosto está previsto um grande encontro de tertúlianos. A preservação e protecção deste Património Cultural é um desafio, não só do poder público, mas também dos arrudenses. É um desafio de todos! 

Catarina Bexiga

Quando o tempo pára... nada melhor do que lembrar o tempo vivido...

MEGA CAMPANHA PUBLICITÁRIA PARA A PRÓXIMA CORRIDA DA NAZARÉ A 5 DE SETEMBRO