Personagens da FESTA festival Vila Franca

Assembleia Geral da APET - 1 Abril de 2019

Agradecimentos - Vila Franca de Xira

Ao público da Palha Blanco

O Clube Taurino Vilafranquense vem, na sequência do Festival que organizou ontem, dia 31 de março, na Praça de Toiros de Vila Franca de Xira, por ocasião da despedida das arenas do bandarilheiro David Antunes, agradecer a todos os aficionados que responderam com a sua presença, enchendo a nossa Palha Blanco daquela alegria, sentimento, seriedade e afición que em Vila Franca se juntam como em nenhuma outra parte.

Infelizmente, a meio do espetáculo, que decorria com grande nível artístico e emotivo, com agrado geral do publico e dos intervenientes, uma tempestade de grandes proporções tornou impraticável o piso da arena, pelo que o Sr. Diretor de corrida deu o mesmo por cancelado. O Clube Taurino Vilafranquense lamenta o sucedido, mas reconhece que nada mais se poderia ter feito. A este propósito, esclarecemos os aficionados acerca das normas legais a que todos estamos sujeitos.

O Decreto-lei nº 89/2004, de 11 de junho, vulgo Regulamento dos Espetáculos Tauromáquicos, estabelece, no artº 19º, nº 2, que o espetáculo pode ser cancelado por razões de ordem meteorológica, ao passo que o nº 3 do mesmo artigo afirma ser o Diretor de Corrida “a entidade competente para determinar o cancelamento ou interrupção do espetáculo, ouvidos os intervenientes…”, ou seja, os cabeças de cartaz ou os seus representantes. Por outro lado, em qualquer espetáculo (tauromáquico, cinema, de música, de teatro, de ópera, etc.), segundo Artº 9º do Regime Jurídico de Espetáculos de Natureza Artística, se houver interrupção ou cancelamento por motivos de força maior e estranhos à responsabilidade do organizador, não há lugar à restituição do dinheiro dos bilhetes. A lei foi integralmente cumprida, portanto, embora tenha ficado alguma lástima por não ter sido possível assistir a metade de um Festival com tão bom ambiente.

Uma vez mais lamentamos a situação imponderável, a qual deixou a meio um Festival no qual tínhamos colocado o maior empenho e todo o nosso cuidado, enquanto agradecemos a compreensão do público e de toda a afición reunida na Palha Blanco.

Aproveitamos a ocasião para agradecer publicamente a todos os que nos ajudaram neste evento. O nosso obrigado aos ganaderos Engº Luís Rocha, Casa Prudêncio, Nuno Casquinha, José Luís Cochicho, Canas Vigouroux, Falé Filipe, Herdade das Silveiras e Mata-o-Demo; aos cavaleiros Luís Rouxinol, Marco Tenório Bastinhas e Luís Rouxinol Júnior, e respetivas quadrilhas; aos matadores de toiros Vítor Mendes, Manuel Escribano e Manuel Dias Gomes, e respetivas quadrilhas; e ao Grupo de Forcados Amadores de Vila Franca de Xira.

Estamos gratos a muitas outras pessoas e entidades que nos prestaram todo o apoio que lhes foi solicitado, sempre com inexcedível amabilidade. Destacamos o Sr. Nuno Casquinha e os campinos da sua Casa; a Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira, nas pessoas do Senhor Provedor e do Sr. Vitor Pantaleão; a Polícia de Segurança Pública (com um abraço especial ao agente Porfírio Mourato), os Bombeiros Voluntários de Vila Franca de Xira, o Sr. António Lúcio e o ímpar corpo clínico da Palha Blanco.

Ao Sr. Ricardo Levezinho agradecemos a compreensão e o saber que nos emprestou, enquanto fazemos votos dos maiores sucessos para a temporada que aí vem.

À Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e à Junta de Freguesia deixamos expressa a nossa gratidão pelo apoio e incentivo recebidos. À Associação de Tertúlias Tauromáquicas do Concelho de Vila Franca de Xira, nossos parceiros, juntamente com a Câmara Municipal, na organização da Semana de Cultura Tauromáquica, em que o Festival se integrou, agradecemos o esforço de mobilização dos Tertulianos, imprescindível para que as bancadas apresentassem a moldura humana que apresentaram. Quando Vila Franca se une, fica muito mais forte.

Ao David Antunes queremos deixar um abraço de muitas felicidades, agora que deixa a vida ativa como profissional que se dedicou, e continuará a dedicar-se, de alma e coração à Festa.

Brevemente contamos ter fechadas todas as contas, após o que transferiremos para a Escola de Toureio José Falcão o resultado apurado. Do mesmo daremos conta publicamente.

Viva a Festa e viva Vila Franca, terra-mãe de toureiros que foi aos toiros.

Vila Franca de Xira, 1 de Abril de 2019.

A Direção do Clube Taurino Vilafranquense.


Personagens da FESTA festival Vila Franca

Assembleia Geral da APET - 1 Abril de 2019